quinta-feira, junho 02, 2016

2011, Peter Frampton em Portugal

Foi a segunda vez que o cantor, compositor e guitarrista se apresentou em nome próprio ao vivo em Portugal depois de ter estado em Faro em 2005.
Pavilhão Atlântico (atual MEO Arena) com talvez 3/4 da lotação preenchidaa a um sábado, 5 de novembro de 2011. Este concerto inseriu-se na digressão Frampton Comes Alive! 35th Anniversary World Tour que como o nome indica celebra o 35º aniversário da edição do álbum ao vivo Frampton Comes Alive.
Este disco que se tornou no maior sucesso comercial de Frampton foi interpretado na integra desde o começo do espetáculo e preencheu toda a primeira parte. Numa atuação com cerca de três horas de duração, tivemos depois de um intervalo oportunidade para ouvir temas mais recentes e/ou porventura menos conhecidos, alguns instrumentais e covers de músicas como While My Guitar Gently Weeps ou o surpreendente Black Hole Sun dos Soundgarden.
Foi um noite de ótima música com uma segunda parte talvez mais morna devido ao alinhamento mas que no final deixou uma sensação de felicidade por ter assistido à atuação de uma lenda da musica Rock ainda na plena posse das faculdades e que além de bom executante parece ter real prazer em estar em palco.
Tão boa memória ficou que passados alguns dias, e arrependido de não o ter feito no final do concerto, encomendei a gravação integral em formato de CD triplo em edição numerada (imagem da capa em baixo).

Reportagens online:
Palco Principal
Correio da Manhã
TVI
Pedras Rolantes (blog)







Sem comentários: