segunda-feira, fevereiro 22, 2016

Som Motorhead

Adquiri o gosto pelo som Motorhead por volta de 1980/81, primeiro com os discos Bomber e Ace of Spades depois com os outros, muito naturalmente através das emissões radiofónicas de António Sergio.
Recordo-me em particular de um especial no programa 'Som da Frente' ao longo de três sábados à noite e que me fez ficar colado ao pequeno gravador de cassetes que tinha na altura. Claro que gravei estes especiais e depois ouvi-os inúmeras vezes. Infelizmente há muito que deixei de ter as gravações mas se alguém souber a que me refiro e tenha cópias em seu poder agradeço muito que me contacte.
De memória tenho que estes programas foram feitos com o suporte de textos por José Manuel Simões (posso estar errado aqui). No decorrer do primeiro ou do segundo, António Sérgio solicitou que algum ouvinte que tivesse na sua posse o disco ao vivo No Sleep 'til Hammersmith, que tinha sido editado recentemente em Inglaterra, o pudesse emprestar de forma a ter som deste disco para ilustrar a última parte do especial. E sim, alguém apareceu com o vinil e tivemos direito a ouvir algumas das suas faixas. Este disco marcou o auge do sucesso comercial dos Motorhead chegando mesmo a número 1 no top de vendas Britânico relativo a álbuns.
António Sergio já não está entre nós mas não consigo nomear quem mais pudesse fazer agora uma emissão de homenagem a Lemmy...  Aliás a rádio de autor praticamente não existe em Portugal e quando se trata de Rock então o panorama é desolador. Felizmente temos a internet e os seus vastos recursos e conteúdos.
E por falar nisso aqui fica ligação ao tributo realizado pela Classic Rock Magazine em formato rádio e com apresentação de Nicky Horne. A não perder!
Para ouvir aqui.


Parte do impacto que a morte de Lemmy provocou pode ser visto através das capas de algumas publicações.
Em França a revista Rock & Folk e o jornal Liberation disseram adeus a Lemmy com capa dedicada.

 

Em Portugal a nossa Loud! na sua edição 179 celebra a vida de Lemmy com capa e artigo de homenagem.



Algumas revistas da especialidade:





E na imprensa generalista pelo mundo, desde a Bélgica à Venezuela:



Sem comentários: