sexta-feira, janeiro 22, 2016

O melhor de 2015, uma seleção Rock no Sótão


Eis que chega o grande balanço do ano de 2015 com o carimbo Rock no Sótão.
Começo com a lista principal e uma escolha de dez discos de estúdio sendo que no topo estão os mais apreciados.

The Sheepdogs – Future Nostalgia
Iron Maiden - The Book Of Souls
Pat Travers - Retro Rocket
Bachman - Heavy Blues
Neil Young and Promise Of The Real - The Monsanto Years
Mystic Braves - Days of Yesteryear
Delta Deep - Delta Deep
Witchwood - Litanies From The Woods
Motorhead - Bad Magic
Ghost - Meliora


Foi um ano com edição de vários live e os seguintes merecem destaque:

Sammy Hagar & The Circle - At Your Service
Blues Pills - Live
Ty Segall Band - Live In San Francisco
Joe Bonamassa - Muddy Wolf at Red Rocks
Joe Bonamassa - Live At Radio City Music Hall
Anderson Ponty Band ‎– Better Late Than Never


Fora do conjunto 'melhores do ano' mas ainda assim interessantes não quero deixar de referir:

UFO - A Conspiracy Of Stars
Michael Schenker's Temple Of Rock - Spirit on a Mission
Howlin' Rain - Mansion Songs
Paradise Lost - The Plague Within
Black Star Riders - The Killer Instinct
Robin Trower - Something's About To Change
Jorge Salan & The Majestic Jaywalkers - Madrid-Texas
Graveyard - Innocence & Decadence


Representantes nacionais:
Vitor Bacalhau - Brand New Dawn
Budda Power Blues - Budda Power Blues


Não é habitual prestar atenção a discos de tributo mas ouvi e gostei de um trabalho dedicado aos Queen com participações de Lemmy, Geoff Tate, James LaBrie, Robin Zander, Glenn Hughes, L.A. Guns, Great White, Jake E. Lee, Robby Krieger entre outros.
Vários - Keep Calm And Salute Queen





Sem comentários: