sexta-feira, novembro 29, 2013

Os Foghat a 33 rotações

Do sótão do Rock para o gira-discos: Foghat.
Os britânicos Foghat começaram as atividades no inicio da década de 1970 tocando um Blues-rock com um certo peso e hoje em dia ainda fazem actuações mas agora com uma formação em que o baterista Roger Earl é o único membro que vem da sua fundação.
Apesar de terem editado excelentes discos nos seus primeiros anos (Fool for the City, Energized), muito pouca divulgação tiveram por cá, lembro-me de ouvir a música Wide Boy do álbum Girls To Chat And Boys To Bounce de 1981 em emissões de rádio, ler umas crónicas a discos da banda na imprensa do costume e pouco mais.
Facto curioso, numa altura em que a edição de muitos discos importantes passava ao lado de Portugal, os Foghat viram uma série de discos cá editados num curto período de tempo, entre os quais Boogie Motel que comprei em 1984, e Girls To Chat And Boys To Bounce comprado em 1986.
Com sete temas no seu conjunto, Boogie Motel é o oitavo trabalho de estúdio do grupo, foi gravado nos Boogie Motel Studios em Port Jefferson, Nova Iorque e editado originalmente em 1979. A Portugal chegou através da editora Rossil não sei exatamente em que ano.
Este disco tem uma toada menos pesada que os primeiros, mas não tem temas fracos e destaco aqui estes três:
Foghat - Boogie Motel
Foghat - Nervous Release
Foghat - Somebody's Been Sleepin' in My Bed


Capa:



Um dos lados da capa interior:


Quanto a Girls To Chat And Boys To Bounce, é mais fraco que Boogie, tem partes um pouco saturantes, a banda a momentos parece que se arrasta e está a cumprir calendário. Ainda assim ficam aqui talvez os três melhores temas:

Wide Boy
Live Now Pay Later
Delayed Reaction